SQG

O TCE iniciou a implantação do seu Sistema de Gestão pela Qualidade Total em 1997, tendo como base os cinco objetivos globais:

introdução da cultura de responsabilidade pelos resultados; otimização dos prazos de tramitação dos processos; aumento da eficiência dos procedimentos; redução das perdas/desperdícios; e adesão à filosofia da qualidade total.

Ainda em 1997, foi instituído o Conselho da Qualidade, atualmente composto pelo 1º Vice-Presidente, 2º Vice-Presidente, Corregedor-Geral, Coordenador da Auditoria, Chefe de Gabinete da Presidência, Diretor-Geral, Diretor de Controle e Fiscalização e Diretor Administrativo, e que possui as atribuições: estabelecer as diretrizes de manutenção do SGQ; acompanhar e avaliar os resultados relativos às metas estabelecidas; propor ao Presidente a adoção de medidas relativas ao bom andamento do Sistema; elaborar e acompanhar o Planejamento Estratégico do Tribunal - PET e aprovar o Plano de Ações do Tribunal-PAT, dentre outras.

A partir de 1998, os setores, identificados como Unidades Gerenciais Básicas -UGBs, tiveram seus processos mapeados (DP-Descrição do Processos) e seus clientes e fornecedores identificados. Também definiram seu negócio, missão , produtos e insumos, fornecedores e clientes, documentaram seus padrões de trabalho (POP-Procedimento Operacional Padrão), estabeleceram seus indicadores de controle (ICs) e organizaram seus registros (TCR-Tabela de Controle de Registros).

Neste período, foram elaborados o Manual de Padronização da Documentação do TCE e o Manual da Qualidade (MQ), o qual estabelece as diretrizes gerais do SGQ, de acordo com a Norma NBR ISO 9001:2008. Passou-se a realizar o desdobramento das diretrizes, através de Planos de Ação (PAT), disseminou-se a cultura das reuniões de análise crítica (Reuniões Gerenciais) e iniciou-se o processo de auditorias internas.

Os documentos do SGQ são mantidos e controlados através do Sistema de Gestão SE DOCUMENTO.

Em 2002, foi elaborada a primeira edição do Planejamento Estratégico do TCE e, em 2005, o TCE certificou seu Sistema de Gestão pela Norma ISO 9001:2000 mantendo esta creditação até o presente através das auditorias externas de recertificação.

Perseguindo a melhoria contínua de seu Sistema de Gestão e a adoção de melhores práticas, em 2006, o TCE conquistou o Troféu Bronze no Prêmio Qualidade RS, PQRS-2006.

O SGQ do TCE baseia-se na ferramenta PDCA (Plan=Planejar, Do=Fazer , Check=Verificar, Act=Agir), que representa o ciclo dinâmico presente em cada processo e está relacionado ao planejamento, implementação, controle e melhoria contínua, tanto da realização do produto quanto dos demais processo do Sistema. Portanto, neste ciclo, estão expressos os mecanismos do sistema de Gestão: Planejamento, Documentação, Reuniões de análise crítica, Auditorias internas e externas, Ação corretiva, Ação preventiva e Melhorias contínuas.