CTE-IRB recomenda prioridade na vacinação para os profissionais da Educação
10 de fevereiro de 2021 - 17:16
O Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa (CTE-IRB) – organismo que congrega os Tribunais de Contas brasileiros - emitiu uma nota apoiando que se adotem as providências administrativas necessárias, no limite das competências dos órgãos e entidades envolvidos, para assegurar a precedência aos profissionais da educação formal que atuam no ambiente escolar na lista de vacinação contra a Covid-19. O grupo já é contemplado no comunicado do Ministério da Saúde sobre o Plano Nacional de Operacionalização da Vacina.
A Nota Técnica 01/2021, assinada pelo presidente do CTE-IRB, conselheiro Cezar Miola do Tribunal de Contas do Rio Grande do Sul, considera também a importância do retorno às aulas presenciais como um fator de contenção e reversão das defasagens de aprendizado que se acentuaram no período da pandemia. Ressalta, ainda, que a “(…) a suspensão das aulas presenciais tornou ainda mais crítico o quadro de evasão e abandono escolar no país, pois potencializou a perda de vínculo entre escola, professores e estudantes”. De acordo com a Nota Técnica, ao priorizar a vacinação dos profissionais da educação formal que atuam no ambiente escolar, também se está tratando de reduzir as desigualdades, ampliadas no período de fechamento das escolas, visando à plena retomada das atividades escolares, à busca pela equidade no ensino e à educação de qualidade a todas as crianças e jovens brasileiros.
Letícia Vargas – Assessoria de Comunicação Social

Audiodescrição: A imagem tem o fundo acinzentado e no canto superior direito lê-se: Comitê Técnico da Educação do Instituto Rui Barbosa. À esquerda, há um cubo formado por linhas azuis, amarelas, laranjas e vermelhas. Embaixo, há manchas de tinta nas cores amarelo, vermelho, marrom e azul (fim da descrição).